• Português
  • English
  • Français
  • Español
  • Hipericão do Gerês (AB)

    1.95

    Hipericão do Gerês, planta cortada. Proveniente de Agricultura Biológica.

    Limpar
    REF: CHHIPGERAB Categorias: , ,

    Descrição

    Propriedades medicinais publicadas:

      • “(…) um dos seus constituintes, a hipericina, responsável pela pigmentação vermelha das flores, é fortemente antidepressiva e antiviral (…). Não surpreende, por isso, que se recorra ao H. perforatum para combater não só diversos tipos de depressões nervosas, mas também a ansiedade, a inquietação, as insónias, a neuralgia, as enxaquecas e os esgotamentos nervosos.” – (1)
      • “(…) recomendado sob a forma de infusão no tratamento da gota e da artrite. (…) Adstringente do sistema urinário, o hipericão é também útil em casos de incontinência.” – (1)
    • Nota importante: Os chás ou infusões, NÃO SÃO MEDICAMENTOS. Perante qualquer sintoma que lhe cause preocupação, deverá consultar sempre um médico e seguir as indicações do mesmo.
    Modo de Preparação

    Preparação chá solto: Juntar 2 colheres de chá por cada 250ml de água a 95ºC e deixar em infusão durante 4-5 minutos.

    Especificações

    Designação: Hipericão do Gerês (Hypericum androsaemum)
    Ingredientes: Hipericão do Gerês, planta cortada.

    Consumir preferencialmente: Até 36 meses após produção.
    Conservação: Manter em local fresco (máx. 20ºC) e seco (máx. 60% humidade).
    Informação nutricional, outras: Consulte a Ficha Técnica.

    Descarregue aqui a Ficha Técnica

    Precauções

    “Em virtude do seu poder desintoxicante do fígado, não deve ser tomado em conjunto com outros medicamentos químicos, porque o efeito dos mesmos poderá ser anulado ou potenciado, pondo em risco a saúde. Por ser fotossensível, em pessoas de tez mais clara e quando expostas ao sol, o hipericão, devido à sua pigmentação vermelha, poderá causar uma sensibilidade anormal à luz. Além disso, não deve ser ingerido durante a gravidez.”- (1)

    Referências Bibliográficas

    (1) –  Livro “Uma mão cheia de plantas que curam” da autoria de Fernanda Botelho, Editora Dinalivro, 2ª Edição, páginas 181, 182.

    Ligar WhatsApp
    1
    Posso ajudar?
    Olá.
    Posso ajudar.